CONFIRA UM GUIA DE BEBIDAS TíPICAS: UM BRINDE AOS SABORES MUNDIAIS

Quer se manter informado, ter acesso a mais de 60 colunistas e reportagens exclusivas?Assine o Estadão aqui!

A bebida alcóolica faz parte da tradição de diversos países. Mas, cada região possui uma que é mais comum de ser consumida, no Brasil, por exemplo, a cachaça é conhecida e produzida nacionalmente. Pensando nisso, o Estadão preparou um guia com as bebidas mais famosas de cada local, confira!

Kvass

Feito a partir da fermentação do pão de centeio, com adição de beterraba ou frutas secas, o Kvass é uma bebida milenar. A bebida possui um baixo teor alcoólico, e seu sucesso é tão grande na Rússia que houve uma época em que era mais consumida do que água.

Vodca Zubrowka

Originalmente polonesa, a bebida é um destilado de centeio. Diferente da vodca comum, essa é uma mistura de grama, baunilha, canela, coco e amêndoas. Entre os especialistas, é considerada a única vodka com sabor de qualidade.

Sazerac

O coquetel é considerado o mais antigo dos Estados Unidos, sendo criado em 1838. A bebida é composta por uísque norte-americano e absinto. E, a partir de 1930, a bebida passou a ser comercializada em garrafas.

Pisco

Não se sabe ao certo se o Pisco é uma bebida chilena ou peruana. Mas, em ambos países, é possível encontrar a bebida com boa qualidade. A bebida é consumida em diversos drinks, como por exemplo na mistura entre leite de amêndoa-da-terra, suco de limão e clara de ovo.

Grappa

A bebida é conhecida na Itália, onde é considerada milenar. O destilado feito a partir do bagaço da uva é forte, com teor alcoólico entre 37,5% e 60%. Antigamente, era consumida para se aquecer no frio. Hoje em dia, pode-se misturar com café.

Pimm’s

Esse drink conquistou as pessoas da Inglaterra. Ele é uma mistura de destilado, frutas, especiarias e vinho. A receita era servida como um digestivo, mas logo passaram a comercializá-la em garrafas.

Kriek

O Kriek faz parte da família da cerveja Lambic, que usa fermentação espontânea, leveduras e frutas na composição. A bebida valoriza os ingredientes locais, por isso, é comum achar em diferentes lugares da Bélgica com diferentes modos de preparo.

Absinto

O elixir verde-esmeralda, conhecido também como fada verde, é uma bebida que mistura ervas locais ao absinto. Diversas vezes teve o seu consumo proibido, mas, hoje em dia, é possível degustar em bares na Espanha.

Ginja

A bebida, oficial de Lisboa, é um licor de ginja, uma fruta bem parecida com a cereja. Acredita-se que os monges que a fabricaram, para fins medicinais. Hoje em dia, a bebida é encontrada em diversos bares da cidade.

Cachaça

Brasileira, a cachaça é parte da cultura nacional. A bebida possui produção em todos os estados do país, mas, Minas Gerais que leva a fama por fazer sempre com maior qualidade. Além disso, pode-se encontrar facilmente pelos mercados e bares das cidades. E falando em cachaça, confira o teste às cegas do Paladar, jurados que são especialistas no assunto montaram um ranking com as melhores marcas de cachaças disponíveis no mercado.

2023-08-07T12:21:52Z dg43tfdfdgfd